Sistema Digestivo: desvende os 6 mitos mais comuns!

digestivo_dr_quelson_coelho
87 / 100

O Sistema Digestivo é composto pelo trato gastrointestinal – também chamado de trato gastrointestinal ou trato digestivo – e o fígado, pâncreas e vesícula biliar.

O trato gastrointestinal é uma série de órgãos ocos unidos em um longo tubo de torção da boca para o ânus. Os órgãos ocos que compõem o trato gastrointestinal são a boca, esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso e ânus. O fígado, pâncreas e vesícula biliar são os órgãos sólidos do sistema digestivo.

O bom funcionamento do sistema digestivo é um dos fundamentos da boa saúde. Mas muitos mitos envolvem distúrbios digestivos. Confira:

Mito # 1 Azia: Fumar um cigarro ajuda a aliviar a azia.

Falso. É um mito que fumar ajuda a aliviar a azia. O oposto é verdadeiro. Fumar aumenta o risco de azia pelo enfraquecimento do esfíncter esofágico inferior, o anel muscular que separa o esôfago do estômago. Um esfíncter fraco permite que o conteúdo de ácido do estômago retorne para o esôfago, causando dor e outros sintomas. Fumar muitas vezes leva a esofagite, inflamação do esôfago e até ao câncer de esôfago.

Mito # 2 Doença celíaca: A doença celíaca é uma doença de criança.

Falso. A doença celíaca é uma doença que afeta crianças e adultos. Ela afeta 1 em cada 133 pessoas saudáveis. Diarreia e retardo o crescimento são sintomas da doença celíaca vistos em crianças, mas os sintomas também podem se manifestar pela primeira vez em adultos. Os sintomas que emergem na idade adulta podem incluir dor, inchaço e distensão abdominal. Gases abdominais e diarreia também podem estar presentes. As pessoas que têm doença celíaca têm a absorção de nutrientes no intestino delgado prejudicada o que pode levar a anemia, erupções cutâneas e osteoporose. É comum as pessoas que têm doença celíaca sofrem por muitos anos antes de receberem o diagnóstico e o tratamento corretos.

Mito # 3 Regularidade intestinal: regularidade intestinal significa evacuações todos os dias.

Falso. A função intestinal e a frequência de evacuações são altamente variáveis. É normal ter até três evacuações por dia, a três por semana. Ainda mais ou menos evacuações são normais para algumas pessoas saudáveis. Se a frequência de suas evacuações alterar em algum período, tome cuidado. A síndrome do intestino irritável é uma condição em que as evacuações podem se tornar bastante irregulares. Pode ter períodos de constipação intestinal intercalados com períodos de diarreia.

Mito # 4 Diverticulose: Diverticulose é um Problema Incomum e Sério.

Falso. A maioria das pessoas com mais de 60 anos têm diverticulose, mas poucas pessoas vão ter algum problema por causa disso. Diverticulose é uma condição em que pequenas bolsas (divertículos) crescem na parede do cólon. Estes pontos fracos no cólon aumentam com a idade. Muitas pessoas descobrem que têm divertículos depois de passar por testes de rotina para outras condições (com a realização da colonoscopia, por exemplo). As complicações potenciais da diverticulose incluem sangramento e infecção (diverticulite). Porém, menos de 5% das pessoas que têm diverticulose vão desenvolver qualquer complicação.

Mito # 5 Doença Inflamatória Intestinal (Colite Ulcerativa e Doença de Crohn): Doença inflamatória intestinal é causada por problemas psicológicos.

Falso. Doença inflamatória intestinal é o termo dado a dois distúrbios intestinais, a colite ulcerativa e a doença de Crohn. Os pesquisadores não têm certeza sobre a causa da doença inflamatória intestinal, mas uma infecção viral ou bacteriana pode desencadear os sintomas. Embora o estresse possa agravar os sintomas de doença inflamatória intestinal, não há nenhuma evidência de que a ansiedade, estresse ou qualquer outro fator psicológico possa provocar o essa doença.

Mito # 6 Cirrose: A cirrose é causada apenas pelo alcoolismo.

Falso. A cirrose é uma cicatrização do fígado que pode ser causada pelo alcoolismo e outras condições. O alcoolismo é responsável por menos de 50% de todos os casos de cirrose. A hepatite C crônica, a esteatohepatite não-alcoólica, a cirrose biliar primária, reações medicamentosas, lesões nos ductos biliares e a infecção crônica pela hepatite B são outras causas de cirrose em adultos. Algumas condições que causam armazenamento anormal de metais como cobre e ferro também podem causar cirrose. Doenças do armazenamento de glicogênio, atresia biliar, fibrose cística e deficiência de alfa-1 antitripsina e outras condições raras podem causar cirrose em crianças.

Leia também:

Tudo que você precisa saber sobre a Esteatose

Proteína dos cereais: a causa da doença celíaca

Síndrome do Intestino Irritável: Terapias

Você pode ter Intolerância ao Glúten?

Intestino irritado: como resolver?

Doença Celíaca: descubra se você pode ter

Queimação no estômago: o que eu preciso saber

Câncer colorretal: 5 dicas de como evitar esse mal

Fígado Gorduroso: e agora?

Fonte: [1] https://www.niddk.nih.gov/health-information/digestive-diseases/digestive-system-how-it-works[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Artigos Recentes

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *