Síndrome do Intestino Irritável: Terapias

[vc_row][vc_column][vc_column_text]Síndrome do intestino irritável: Soluções calmantes para os seus sintomas

A adoção dessas estratégias pode ajudar a tratar e gerenciar essa condição digestiva comum.

 

Muitas pessoas mais velhas lutam com sintomas do estômago por muitos anos sem um diagnóstico. Elas podem ter cólicas, gases excessivos, inchaço, constipação ou surtos de diarreia inexplicada. Se esses problemas começaram quando você era muito mais jovem, você provavelmente tem Síndrome do Intestino Irritável, ou SII.

 

“A Síndrome do Intestino Irritável é mais comum em pessoas na faixa dos 30 e 40 anos, no entanto, pode ocorrer em qualquer idade”, diz o Dr. Anthony Lembo, um gastroenterologista do Centro Médico Beth Israel Deaconess, afiliado a Harvard. “Como os indivíduos mais velhos, incluindo os homens, tendem a ter maiores problemas com constipação ou diarréia, é particularmente importante que eles estejam cientes da Síndrome do Intestino Irritável”.

 

A boa notícia é que, embora a Síndrome do Intestino Irritável possa ser desconfortável e angustiante, ela não prejudica permanentemente o intestino nem leva a uma condição mais grave, como doença inflamatória intestinal ou câncer de cólon. A Síndrome do Intestino Irritável não pode ser curada, mas pode ser aliviada, de modo que não interfira na sua saúde geral e nem na qualidade de vida.

 

 

Um distúrbio funcional

 

A Síndrome do Intestino Irritável é uma doença gastrointestinal que afeta os intestinos delgado e grosso. Com a SII, seu intestino se torna mais sensível, e as contrações musculares de seus intestinos não funcionam da maneira que deveriam.

 

A SII é referida como um distúrbio funcional, o que significa que não há nada de errado com a estrutura real do seu intestino. Em vez disso, o problema está em como ele está funcionando. Pessoas com a Síndrome do Intestino Irritável geralmente apresentam múltiplos sintomas, incluindo:

 

  • Dor abdominal e cólicas que estão relacionadas a anormalidades nos movimentos intestinais, como constipação, diarreia ou ambos
  • Constipação (muitas vezes com movimentos intestinais incompletos)
  • Diarreia (muitas vezes com uma necessidade urgente de mover as entranhas)
  • Alternância de constipação e diarreia
  • Inchaço e gás na barriga
  • Desejo de evacuar, mas a incapacidade de fazê-lo
  • Sensação de esvaziamento incompleto do intestino

 

Você deve consultar o seu médico se tiver sintomas gastrointestinais persistentes, especialmente se forem novos, se notar sangue nas fezes ou perda de peso involuntária, ou se tiver antecedentes familiares de câncer do cólon ou doença inflamatória do intestino.

 

Como ninguém sabe o que causa a Síndrome do Intestino Irritável, é impossível evitar. Depois de ter sido diagnosticado, o objetivo é minimizar a condição.

 

Você pode fazer isso identificando gatilhos específicos de seus sintomas e adotando estratégias para tornar os sintomas menos graves e frequentes. Os tratamentos mais comuns estão relacionados à dieta, controle do estresse e medicação.

 

Subtipos de Síndrome do Intestino Irritável

 

Existem três subtipos de SII:

 

  1. A SII com predominância de constipação (SII-C) é marcada por evacuações infrequentes, fezes irregulares ou duras, dor e desconforto no estômago, inchaço e esforço durante as evacuações.
  2. SII com predominância de diarreia (SII-D) vem com evacuações regulares, fezes soltas e aquosas e sentimentos constantes de urgência.
  3. O tipo alternativo SII (SII-A) envolve lidar com episódios de constipação e diarreia. É comum as pessoas com SII-A alternarem entre os dois.

 

 

Dieta

 

O que você come (e o que você não come) tem um grande impacto nos sintomas da SII. Evitar ou reduzir os alimentos desencadeantes associados aos sintomas da SII é um bom primeiro passo. Estes incluem chocolate, álcool, cafeína, produtos lácteos e alimentos fritos e gordurosos. Além disso, você deve considerar evitar refrigerantes, sucos de frutas e bebidas esportivas.

 

Seu médico pode querer que você mantenha um diário alimentar e um quadro de sintomas para ajudar a identificar os alimentos e os sintomas. O objetivo é descobrir quais os alimentos que desencadeiam os sintomas da Síndrome do Intestino Irritável, para que você possa limitá-los ou eliminá-los em sua dieta.

 

 

Gerenciamento de estresse

 

Qualquer coisa que você possa fazer para diminuir seus níveis de estresse pode ajudar a controlar sua resposta emocional à Síndrome do Intestino Irritável. O estresse não só pode desencadear sintomas, mas muitas vezes os tornam piores e mais duradouros. Aqui estão algumas estratégias que podem ajudar com o estresse relacionado à SII.

 

Ioga: Um estudo de 2015 no European Journal of Integrative Medicine descobriu que pessoas com Síndrome do Intestino Irritável que faziam uma aula de ioga de uma hora de duração três dias por semana durante 12 semanas tiveram sintomas menos graves e melhoraram a qualidade de vida. Os pesquisadores observaram que a combinação de posturas de yoga e exercícios de controle da respiração funcionou para ajudar a aliviar o estresse e reduzir a ansiedade relacionada a SII.

 

Meditação: Em um estudo de 2015 na revista PLOS ONE, as pessoas com Síndrome do Intestino Irritável participaram de um programa de relaxamento semanal que incluiu exercícios de meditação e respiração e foram incentivados a praticar a rotina de 15 a 20 minutos todos os dias em casa. Após nove semanas, o grupo relatou níveis muito mais baixos de ansiedade relacionada à SII.

 

Existem muitas instruções on-line que ensinam os conceitos básicos de meditação. Os estúdios de ioga locais também oferecem aulas de meditação inicial e intermediária.

 

Terapia Comportamental (TC): O objetivo da TC é ajudá-lo a aumentar a conscientização de seus pensamentos e comportamentos e aprender como mudar suas reações a situações estressantes. Um estudo de 2015 da Clinical Gastroenterology and Hepatology descobriu que quatro semanas de sessões de Terapia Comportamental reduziam a gravidade dos sintomas entre os pacientes com Síndrome do Intestino Irritável e que o efeito durou até três meses.

 

Você pode descobrir mais detalhes e até mesmo fazer terapia online ou presencial no site: www.vanessarocha.com.br

 

Medicação e suplementos: Seu médico pode recomendar remédios, como suplementos de fibras e laxantes para ajudar na constipação, ou loperamida para ajudar na diarreia. Dependendo de seus sintomas, seu médico pode prescrever outros medicamentos para ajudar a aliviar e controlar os sintomas.

 

Leia também: 10 fatos que você deve saber sobre Constipação Intestinal (Intestino Preso)

 

 

Fonte: [1] https://www.health.harvard.edu/diseases-and-conditions/soothing-solutions-for-irritable-bowel-syndrome[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Deixe uma resposta