O que é Glúten? A causa da Doença Celíaca

O-QUE-E-GLUTEN-DR-QUELSON-COELHO
78 / 100

O que é Glúten? Você sabe? Vou te explicar de um modo bem simples!

O organismo de quem é afetado pela Doença Celíaca não conta com uma enzima encarregada fazer a digestão da proteína presente nos cereais: o glúten.

Glúten é um nome geral para as proteínas encontradas no trigo (amoras de trigo, durum, emmer, sêmola, espelta, farina, farro, graham, KAMUT® khorasan wheat e einkorn), centeio, cevada e triticale – um cruzamento entre trigo e centeio. O glúten ajuda os alimentos a manter a sua forma, actuando como uma cola que mantém os alimentos juntos. O glúten pode ser encontrado em muitos tipos de alimentos, mesmo aqueles que não seriam de esperar.

A Doença Celíaca é caracterizada por uma reação exacerbada do sistema imune ao consumo de glúten. Mas o que é Glúten? É uma proteína presente na maioria dos cereais.

Alimentos com Glúten:

Mais do que saber o que é Glúten, precisamos saber onde ele está presente. Essa proteína é encontrada em alimentos que contém centeio, trigo, cevada ou malte.

Trigo

O trigo é normalmente encontrado em:

  • pães
  • produtos cozidos
  • sopas
  • massa
  • cereais
  • molhos
  • guarnições para salada

Cevada

A cevada é normalmente encontrada em:

  • malte (farinha de cevada maltada, leite maltado e batidos, extracto de malte, xarope de malte, aromatizante de malte, vinagre de malte)
  • corantes alimentares
  • sopas
  • cerveja
  • Levedura de Cerveja

Centeio

O centeio é normalmente encontrado em:

  • pão de centeio
  • cerveja de centeio
  • cereais

Perigos do Glúten:

Hoje, sabe-se que a Doença Celíaca tem causa genética e que, se não tratada, pode levar à anemia, diarreia persistente, redução de peso e à osteoporose. O problema ainda está relacionado a uma maior incidência de certos tipos de câncer e, em pacientes pediátricos, às vezes gera déficit de crescimento.

Tendo em vista que a o que é glúten não é quebrado por completo, o sistema imunológico entra em atividade contra acúmulo e passa a atacar a própria mucosa do intestino delgado. Como consequência, o intestino acaba lesionado e o seu funcionamento fica comprometido.

Para evitar complicações futuras, é importante estar atento aos desconfortos gastrointestinais e procurar um profissional se houver suspeita de alergia ao glúten. A seguir, explicarei quais são os sinais de alerta para a condição. Clique aqui: Saiba tudo sobre a Doença Celíaca

Os principais sinais da Doença Celíaca

É pertinente mencionar que, os indícios iniciais da disfunção costumam se manifestar nos três primeiros anos de vida do paciente. Ou seja, esses sinais normalmente surgem logo que cereais são introduções ao cardápio dos pequenos. No entanto, certos casos são diagnosticados apenas na vida adulta, quando se estabelece uma deficiência nutricional severa. Com base no cenário descrito, os sintomas mais frequentes são:

  • Inchaço (sensação de “barriga estufada”)
  • Irritabilidade
  • Queda de cabelo
  • Perda de peso
  • Diarreia
  • Gases
  • Náusea
  • Lesões cutâneas

No que se refere a um diagnóstico, é imprescindível relatar casos confirmados de Doença Celíaca na família. A partir dessa informação, o médico pode direcionar melhor a investigação, porque as queixas são similares aos de outras doenças gastrointestinais.

O próximo passo é realizar um hemograma (exame de sangue), que avalie a existência de anticorpos específicos à enfermidade.

Em adição, o médico pede uma biópsia do intestino delgado.

Somente esse teste é capaz de identificar com certeza se alguém tem intolerância à proteína dos cereais, pois permite visualizar se as dobras encarregadas de absorver o nutriente exibem atrofias.

A boa notícia é que, nos últimos anos, tornou-se muito mais fácil encontrar itens sem a proteína Glúten, no mercado. Sendo assim, a recomendação para os intolerantes a essa proteína é sempre ler os rótulos dos produtos e, se necessário, procurar por alternativas nas lojas especializadas. E quanto antes o diagnóstico da doença celíaca for feito, menores serão os problemas futuros para o paciente.

Entendeu o que é Glúten? Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como gastroenterologista em Belo Horizonte!

Saiba mais:

Fonte: www.uptodate.com

Artigos Recentes

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *