Intolerância ao leite: sintomas e tratamento

intolerancia-ao-leite-dr-quelson-coelho
74 / 100

Intolerância ao Leite também é chamada de Intolerância à Lactose.

Lactose é um açúcar dissacarídico presente no leite e que produz glucose e galactose após hidrólise e produz especialmente ácido láctico após fermentação.

Sempre que você consome leite e derivados sente dor, estufamento, gases e mal-estar? Se você se identificou com esses sintomas, pode estar sofrendo de intolerância ao leite. Ou seja, seu estômago não produz a enzima lactase para digerir o açúcar do leite. Porém, somente um médico pode definir o diagnóstico exato.

Se ficou interessado nesse assunto continue lendo o artigo e saiba mais sobre o que é a intolerância ao leite, as causas, sintomas e tratamentos.

O que é a intolerância ao leite e quais as causas?

A intolerância ao leite ocorre quando a Lactose é mal digerida pelo organismo. É necessário que o intestino delgado produza a enzima lactase, que tem a função de dividir os componentes em glicose e galactose para absorção pela corrente sanguínea.

Nesses casos o paciente deve evitar o consumo de leite e derivados ou consumi-los na versão sem lactose. O mercado de alimentos já tem uma variedade de produtos sem lactose como leite, queijos, creme de leite, leite condensado entre outros.

Quais os tipos de intolerância ao leite?

    • Intolerância à lactose primária. É uma condição permanente de origem genética e ocorre por causa da diminuição da atividade da lactase da infância até à idade adulta. Em situações raras, pode ocorrer do recém-nascido nascer sem a capacidade de produzir lactase. Nesses casos, ele rejeita o leite materno. Essa condição é mais comum em bebês prematuros.
  • Intolerância à lactose secundária. É uma condição temporária onde a redução da atividade da lactase ocorre devido a doenças ou lesões na mucosa intestinal. Com a cura da lesão, a lactase é recuperada e o paciente pode deixar de ter a intolerância.

Quais os sintomas?

Os sintomas mais frequentes após o consumo de alimentos com lactose (leite e derivados) em pessoas intolerantes são dor, desconforto abdominal, gases, diarreia, vômitos e náuseas. Eles podem ocorrer até 3 horas após a ingestão.

Como diagnosticar a intolerância alimentar?

    • Faça o teste da exclusão. Não consuma leite e derivados por sete dias e observe como o seu corpo reage, se os sintomas sumirem, consuma leite e espera o que acontece, se os sintomas voltarem é possível que você tenha intolerância.
  • Consulte um gastroenterologista.  Consulte um médico gastroenterologista. O profissional vai indicar que você realize alguns exames para confirmar o diagnóstico como: exame de fezes, teste do ar respirado, exame de sangue e biópsia do intestino.

Quais os tratamentos da intolerância ao leite?

O médico gastroenterologista pode indicar uma dieta controlada com produtos sem lactose ou com seu teor reduzido. Em alguns casos em que o paciente tenha lesão na mucosa intestinal, o médico deve tratar a lesão e eliminar a lactose da dieta.

Outra alternativa é a prescrição de medicamentos à base de lactase para que a pessoa com intolerância ao leite consuma em situações emergenciais, mas somente o médico para avaliar cada caso.

É importante observar se você tem esses sintomas e procurar o tratamento adequado. A intolerância ao leite pode reduzir a absorção de nutrientes pelo organismo, além de prejudicar a qualidade de vida do paciente.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como gastroenterologista em Belo Horizonte!

Leia também:

Omeprazol causa demência?

Câncer de estômago: sintomas, causas e tratamentos

Queimação no estômago: o que eu preciso saber

Cirrose tem cura? Descubra aqui.

Tire suas dúvidas sobre Hepatite C Crônica

Hérnia de Hiato: sintomas, diagnóstico e tratamento

7 sintomas de gastrite crônica

Fonte: www.uptodate.com

Artigos Recentes

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *