Hepatite c

Hepatite C: saiba tudo sobre ela

[vc_row][vc_column][vc_column_text]A Hepatite C é uma infecção viral. Pode inflamar e danificar o fígado.

 

HEPATITE C – O QUE É?

A Hepatite C é uma infecção do fígado pelo Vírus da Hepatite C. Geralmente é transmitida através do contato com sangue infectado. Pode ser transmitida:

  • Agulhas compartilhadas durante o uso de drogas intravenosas
  • Dispositivos compartilhados usados para usar cocaína
  • Relação sexual desprotegida (isto é incomum)
  • Acidente com uma agulha contaminada
  • Transfusões de sangue (raras devido à melhoria das técnicas de rastreio desde 1992)
  • Diálise renal
  • Parto, da mãe para a criança
  • Tatuagem com agulha contaminada

O vírus da hepatite C pode causar Hepatite C a curto prazo (aguda) ou a longo prazo (crônica).

A maioria das pessoas com Hepatite C não sabe que estão infectadas. Isso porque a Hepatite C geralmente não causa sintomas.

Após ter esta infecção silenciosa durante 20 a 30 anos, cerca de um terço das pessoas desenvolvem Cirrose. A Cirrose é uma doença hepática grave que pode levar à morte. Um grupo menor de pessoas com Hepatite C crônica desenvolve câncer do fígado.

É recomendado o rastreamento da infecção pelo vírus da hepatite C (VHC) em pessoas com risco maior que a média. Há também uma alta prevalência de infecção em adultos nascidos entre 1945 e 1965. Se você nasceu durante esse período, deve fazer um exame de sangue simples e único para se certificar de que não está infectado.


HEPATITE C – QUAIS O SINTOMAS?

Muitas pessoas com Hepatite C não apresentam quaisquer sintomas.

Algumas pessoas desenvolvem sintomas que duram até 3 meses. Estes sintomas incluem:

  • Uma sensação geral de mal estar
  • Uma coloração amarelada da pele
  • Fraqueza
  • Pouco apetite
  • Fadiga
  • Náuseas
  • Dor abdominal

Algumas pessoas com Hepatite C aguda eliminam completamente o vírus de seus corpos. Elas não sofrem quaisquer consequências a longo prazo.

Mas a maioria das pessoas com Hepatite C aguda continua infectada. Elas desenvolvem Hepatite C crônica.

Apenas algumas pessoas com Hepatite C a longo prazo desenvolvem sintomas. Estes sintomas incluem:

  • Perda de peso
  • Pouco apetite
  • Fadiga
  • Dores nas articulações

A maioria das pessoas com Hepatite C crônica não apresenta quaisquer sintomas durante 20 a 30 anos. No entanto, o vírus danifica lentamente o fígado. A menos que sejam testados para a Hepatite C, muitas dessas pessoas não sabem que estão infectadas. Ou seja, até desenvolverem os sintomas da doença hepática avançada.


HEPATITE C – COMO DESCOBRIR?

Para fazer um diagnóstico, o seu médico irá perguntar sobre os sintomas da Hepatite C ou doença hepática avançada.

Ele ou ela irá perguntar sobre a sua exposição a fatores de risco para a Hepatite C.

Estes incluem:

  • Histórico de uso de drogas intravenosas
  • Uma história de uso de cocaína nasal
  • Transfusões de sangue, especialmente antes de 1992
  • Múltiplos parceiros sexuais
  • Trabalhos anteriores ou atuais na área da saúde.
  • História da hemodiálise

O seu médico vai examiná-lo. Ele ou ela irá procurar evidências de doenças hepáticas, tais como:

  • Aumento do fígado ou baço
  • Abdomen inchado
  • Inchaço no tornozelo
  • Dor muscular

A infecção por hepatite C é confirmada por alguns testes. Um teste procura o vírus da hepatite C no seu sangue. Outro teste detecta proteínas de combate a infecções (anticorpos). Os anticorpos da hepatite C indicam que você foi exposto ao vírus.

Se tiver Hepatite C, as análises ao sangue podem determinar o subtipo de vírus. Diferentes subtipos respondem de forma diferente ao tratamento.

Você pode precisar de uma biópsia hepática. Em uma biópsia, um pequeno pedaço de tecido hepático é removido e examinado em um laboratório. A biópsia ajuda a prever se você vai desenvolver complicações de doença hepática.


HEPATITE C – QUANTO TEMPO DURA A DOENÇA?

A maioria das pessoas com Hepatite C tem a infecção para toda a vida. Algumas eventualmente desenvolvem cirrose ou outras formas de doença hepática grave.


HEPATITE C – COMO EVITAR?

 Não existe vacina para proteger contra a Hepatite C. A única maneira de prevenir esta doença é evitar os fatores de risco.

As formas mais eficazes de prevenir a Hepatite C:

  • Não injete drogas ilegais.
  • Não cheire cocaína.
  • Certifique-se de que o piercing ou tatuagem do corpo seja feita usando equipamento limpo.
  • Se você é um profissional de saúde, siga as precauções padrão de controle de infecção.
  • Evite relações sexuais desprotegidas a menos que você tenha um relacionamento duradouro com uma pessoa.

É raro alguém num relacionamento monogâmico e de longo prazo com um parceiro infectado ser infectado. Discuta a sua necessidade de precauções com o seu médico.

Beber álcool agrava a Hepatite C. Se tiver Hepatite C, evite o álcool.


HEPATITE C – TEM TRATAMENTO?

O primeiro tratamento utilizado para a Hepatite C foi uma combinação de interferon alfa e ribavirina (Virazole). Os efeitos secundários destes medicamentos são muito comuns. E muitas pessoas não toleram a terapia, especialmente o interferon.

O tratamento hoje mudou drasticamente. Os medicamentos antivirais são muito mais eficazes para eliminar o vírus da hepatite C do corpo e permitir que o fígado cicatrize. Também têm menos efeitos secundários e menos graves em comparação com o interferon.

Existem seis genótipos diferentes da Hepatite C. A escolha do medicamento antiviral depende de qual deles está causando a sua infecção. Nos Brasil, o subtipo mais comum é o genótipo 1.

O objetivo do tratamento é limpar totalmente o seu sangue de qualquer vírus detectável usando um teste de sangue chamado RNA do VHC. Se você não tem RNA do VHC detectável 12 semanas ou mais após ter completado a terapia antiviral, a taxa de cura está próxima de 100%.

O seu médico ou médica recomendará a vacinação contra a Hepatite A e B. Além disso, o seu médico ou médica desaconselhará o consumo de álcool. Estas medidas reduzem a probabilidade de sofrer mais danos hepáticos.

Indivíduos de alto risco devem ser testados para Hepatite C. Indivíduos de alto risco incluem qualquer um que:

  • Recebeu transfusões de sangue ou produtos sanguíneos antes de 1992
  • Recebeu um transplante de órgão antes de 1992
  • Alguma vez injetou drogas ou inalou cocaína
  • Tem estado em hemodiálise a longo prazo
  • Teve múltiplos parceiros sexuais
  • Tem um parceiro sexual a longo prazo com Hepatite C
  • Vive no mesmo agregado familiar que alguém com Hepatite C
  • Tem evidência de doença hepática


HEPATITE C – QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS?

A maioria das pessoas infectadas com o vírus da Hepatite C acaba por desenvolver Hepatite C crônica.

As complicações a longo prazo muitas vezes só se desenvolvem após décadas de infecção. Nessa altura, algumas pessoas desenvolvem Cirrose. Um grupo menor de pessoas desenvolve Câncer de Fígado.

A terapia antiviral pode curar a condição e diminuir substancialmente o risco de complicações a longo prazo.


Leia também:

Fonte:

[1] Fundação Americana do Fígado http://www.liverfoundation.org

[2] Centros de Controle e Prevenção de Doenças https://www.cdc.gov/[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: