Hemangioma no fígado: causas e tratamento

hemangioma-dr-quelson-coelho
78 / 100

O que é um Hemangioma no Fígado?

Um Hemangioma no Fígado (ou hemangioma hepático) é uma massa não malígna (benigna) no fígado. Ele é formado por um emaranhado de vasos sanguíneos.

A maioria dos casos de hemangioma no fígado são descobertos durante a realização de exames de imagem para avaliar outros problemas.

As pessoas que tem hemangioma no fígado raramente apresentam sinais ou sintomas e, na maioria das vezes, não precisam de tratamento.

Pode ser inquietante saber que você tem uma massa no seu fígado, mesmo que seja uma massa benigna. Mas não há evidências de que um hemangioma no fígado possa levar ao câncer de fígado.

Quais são os sintomas do Hemangioma no Fígado?

Na maioria dos casos, um hemangioma no fígado não causa sintomas.

Quando um hemangioma é muito grande (geralmente maior do que 10 centímetros) ele pode causar alguns sintomas, como:

  • Dor na região superior direita do abdômen
  • Sentir-se cheio depois de comer apenas uma pequena quantidade de comida
  • Náuseas
  • Vômitos

No entanto, esses sintomas são inespecíficos e podem ser devidos a outra coisa, mesmo se você tiver um hemangioma no fígado muito grande.

O que causa um Hemangioma no Fígado?

Não está claro o que faz com que um hemangioma no fígado se forme. Os médicos acreditam que hemangiomas hepáticos são congênitos – o que significa que você nasceu com eles.

Um hemangioma no fígado geralmente aparece como uma única coleção anormal de vasos sanguíneos com menos de 4 centímetros de largura. Às vezes, os hemangiomas hepáticos podem ser maiores ou serem múltiplos.

Hemangiomas grandes podem ocorrer em crianças pequenas, mas isso é muito raro.

Na maioria das pessoas, um hemangioma no fígado nunca crescerá e nunca causará sinais e sintomas. Mas em um pequeno número de pessoas, um hemangioma hepático vai crescer para causar complicações e requer tratamento. Não está claro por que isso acontece.

O que aumenta a chance de ter um Hemangioma no fígado?

Os fatores que podem aumentar o risco de que um hemangioma no fígado cause algum sintoma incluem:

  • Sua idade: Um hemangioma no fígado pode ser diagnosticado em qualquer idade, mas é mais comumente diagnosticado em pessoas de 30 a 50 anos.
  • Seu sexo: As mulheres são mais propensas a serem diagnosticadas com um hemangioma hepático do que os homens.
  • Gravidez: As mulheres que engravidaram são mais propensas a serem diagnosticadas com um hemangioma hepático do que as mulheres que nunca estiveram grávidas. Acredita-se que o hormônio estrogênio, que aumenta durante a gravidez, pode desempenhar um papel no crescimento do hemangioma hepático.
  • Terapia de reposição hormonal: As mulheres que usaram terapia de reposição hormonal para sintomas da menopausa podem ter maior probabilidade de serem diagnosticadas com um hemangioma no fígado do que as mulheres que não o fizeram.

Como descobrir um Hemangioma no Fígado?

Testes e procedimentos utilizados para diagnosticar hemangiomas hepáticos incluem:

  • Ultrassom
  • Tomografia computadorizada
  • Imagem de ressonância magnética
  • Outros testes e procedimentos podem ser usados de acordo com sua situação.

Como tratar um Hemangioma no Fígado?

Se o seu hemangioma hepático é pequeno e não causa sintomas, não será necessário tratamento.

Na maioria dos casos, um hemangioma hepático nunca crescerá e nunca causará problemas.

Seu médico pode agendar exames de acompanhamento para verificar se seu hemangioma hepático está crescendo, se ele já for grande grande. Se ele for pequeno, não é necessário fazer acompanhamento.

O tratamento do hemangioma hepático depende da localização, do tamanho e do número de hemangiomas que você tem.

As opções de tratamento podem incluir:

  • Cirurgia para remover o hemangioma hepático: Se o hemangioma pode ser facilmente separado do fígado, seu médico pode recomendar a cirurgia para remover a massa.
  • Cirurgia para remover parte do fígado, incluindo o hemangioma: Em alguns casos, os cirurgiões podem precisar remover uma parte do fígado junto com o hemangioma.
  • Procedimentos para impedir o fluxo sanguíneo para o hemangioma: Sem um suprimento de sangue, o hemangioma pode parar de crescer ou encolher. Duas maneiras de parar o fluxo sanguíneo são: 1) ligando a artéria principal (ligadura da artéria hepática) ou 2) injetando medicação na artéria para bloqueá-la (embolização arterial). O tecido hepático saudável é ileso porque pode extrair sangue de outros vasos próximos.
  • Cirurgia de transplante de fígado: No caso improvável de ter um hemangioma gigante ou hemangiomas múltiplos que não podem ser tratados por outros meios, seu médico pode recomendar uma cirurgia para remover seu fígado e substituí-lo por um fígado de um doador.

Leia também:

Gastrite: o que evitar?

Omeprazol causa demência?

Tudo que você precisa saber sobre a Esteatose

Gordura no Fígado: diagnóstico e tratamento

Saiba mais sobre o câncer de cólon!

Síndrome do Intestino Irritável: Terapias

Síndrome do intestino irritável: diagnóstico e tratamento

Sintomas da cirrose: quais são?

Fonte: [1] https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/liver-hemangioma/symptoms-causes/syc-20354234

Artigos Recentes

2 Responses

  1. minha filha de 20 anos foi diagnosticada com hemangioma gigante e vai operar os riscos da cirurgia são muito grande,corre risco de precisar de transpante.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *