7 sintomas de gastrite crônica

Inflamação da mucosa gástrica, a gastrite crônica dura mais de três meses, apresentando uma evolução lenta. Essa gastrite costuma acometer pessoas mais velhas, devido ao consumo diário e grande de medicamentos.

A ocorrência e o surgimento de doenças com o passar dos anos faz com que as pessoas precisem ingerir muitos medicamentos, ocasionando irritação e até mesmo inflamação no estômago.

Ainda existem outros fatores que desencadeiam o surgimento da gastrite: a presença de doenças autoimunes, doenças inflamatórias, vírus (como o HIV), ingestão de álcool em excesso, uso de cigarro, etc. Caso o uso de algumas dessas substâncias seja constante, ou se a pessoa não trata a doença autoimune de maneira correta, as chances de uma gastrite crônica são grandes.

___

Sintomas da gastrite crônica e diagnóstico

Para diagnosticar a gastrite crônica uma endoscopia digestiva deve ser solicitada por um especialista das doenças do aparelho digestivo, o gastroenterologista. Ele se baseia nos sintomas apresentados pelo paciente e, com o resultado do exame, é possível reconhecer possíveis inflamações e bactérias (Helicobacter pylori, por exemplo) por meio das imagens das paredes internas do estômago e de biópsia do tecido colhido durante o exame.

Em sua grande maioria, os casos de gastrite crônica costumam apresentar uma dor na região superior do abdômen, principalmente em períodos que você fica sem se alimentar. A consulta com o gastroenterologista é de extrema importância para que seja dado início ao tratamento assim que algum sintoma surja, impedindo a formação de úlceras gástricas ou ainda maiores complicações para a saúde do paciente. Existem casos em que uma metaplasia intestinal acontece, possibilitando que a gastrite crônica transforme-se em um câncer gástrico.

Além dessa dor no abdômen, a gastrite crônica se manifesta por meio de outros sintomas:

    • Dores constantes no estômago (pontadas fortes)
    • Náuseas e sensação de estômago cheio
    • Inchaço e dor na barriga
    • Lentidão no processo digestivo
    • Eructação frequente (arrotos)
    • Dor de cabeça
    • Perda de apetite e vômitos

___

Tratamento para gastrite crônica

A cura para a gastrite crônica está diretamente ligada à investigação e ao tratamento de suas causas. É possível utilizar antibióticos para erradicar a bactéria Helicobacter pylori e outros possíveis agentes infecciosos que estejam presentes no estômago, como: citomegalovírus, cândida, microbactérias, herpes e parasitas.

Além disso, fazer uso de medicamentos específicos para as doenças autoimunes é de extrema importância e contribui para o tratamento da própria gastrite crônica. Por fim, de uma maneira geral, medicamentos que reduzem a acidez estomacal e protegem a mucosa gástrica são utilizados.

Mesmo com todas essas possibilidades de tratamento, quando há atrofia ou metaplasia intestinal, a doença não irá regredir completamente. Para isso um acompanhamento médico (com o especialista) deve ser periódico, evitando possíveis complicações na saúde, como uma deficiência de vitamina B12 no corpo ou o próprio câncer de estômago.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto.

___

Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como gastroenterologista em Belo Horizonte!

Síndrome do Intestino Irritado: dieta para aliviar os sintomas

Câncer de estômago: sintomas, causas e tratamentos

Pólipos do Cólon: tudo que você precisa saber

O que é câncer de estômago?

Tire suas dúvidas sobre diarreia

Problema estomacal: o que pode ser?

Gastrite Nervosa – sintomas, causas e tratamento

Cirrose tem cura? Descubra aqui.

___

Fonte:

https://ada.com/conditions/chronic-gastritis/

Deixe uma resposta