Gastrite: 5 maneiras de acabar com ela

gastrite
86 / 100

O que é Gastrite?

Gastrite é um termo geral para um grupo de condições com uma coisa em comum: inflamação do revestimento do estômago.

Essa inflamação é na maioria das vezes o resultado da infecção com a mesma bactéria que causa a maioria das úlceras do estômago. O uso regular de certos analgésicos e o consumo excessivo de álcool também podem contribuir para a dor no estômago

Ela pode ocorrer de repente (aguda), ou aparecer lentamente ao longo do tempo (crônica). Em alguns casos, pode levar a úlceras e a um aumento do risco de câancer do estômago. Para a maioria das pessoas, no entanto, essa não é uma doença grave e melhora rapidamente com o tratamento.

O que é Gastrite Crônica?

Gastrite Crônica é uma Inflamação da mucosa gástrica que dura mais de três meses, apresentando uma evolução lenta. Essa inflamação pode ocorrer em homens e mulheres e em qualquer idade.

As principais causas são:

  1. Bactéria H pylori
  2. Uso de medicamentos
  3. Alimentação inadequada
  4. Estresse

Ainda existem outros fatores que desencadeiam o surgimento da doença: a presença de doenças autoimunes, doenças inflamatórias, vírus (como o HIV), ingestão de álcool em excesso, uso de cigarro, etc. Caso o uso de algumas dessas substâncias seja constante, ou se a pessoa não trata a doença autoimune de maneira correta, as chances de uma gastrite crônica são grandes.

O que é Gastrite Nervosa?

A ansiedade ou outros fatores emocionais podem causar todos os sintomas da Gastrite porém sem uma inflamação importante no estômago. Esse caso é conhecido popularmente como Gastrite Nervosa. O nome mais correto seria Dispepsia Funcional.

Você deve suspeitar que está com Dispepsia Funcional em dois casos principais:

1 – Quando faz o tratamento para a Gastrite e os sintomas não melhoram.

2 – Quando você está sentindo muito incômodo e a endoscopia é normal ou com poucas alterações (uma gastrite leve – chamada de gastrite enantematosa – por exemplo).

É importante saber que existem tratamentos específicos para a Dispepsia Funcional que são, algumas vezes, diferentes do tratamento das outras gastrites.

O que é Gastrite Atrófica?

A Gastrite Atrófica é uma doença Autoimune. Ela se desenvolve quando seu corpo produz anticorpos que atacam as células saudáveis do estômago por engano.

Anticorpos são proteínas que ajudam seu corpo a reconhecer e combater infecções. Eles normalmente atacam substâncias nocivas, como bactérias e vírus.

Neste caso, os anticorpos em pessoas com com esse autoimune visam erroneamente as células estomacais responsáveis pela produção de sucos ácidos que ajudam na digestão.

Os anticorpos também podem atacar uma substância conhecida como fator intrínseco. O fator intrínseco é uma proteína liberada pelas células do estômago que ajuda a absorver a vitamina B-12.

A falta de fator intrínseco pode causar uma doença chamada anemia perniciosa. Nesta doença, uma deficiência de B-12 torna difícil ou impossível para seu corpo produzir glóbulos vermelhos saudáveis o suficiente.

Quais são os sintomas da Gastrite?

Em sua grande maioria, os pacientes costumam apresentar uma dor na região superior do abdômen, principalmente em períodos que você fica sem se alimentar.

A consulta com o Gastroenterologista é de extrema importância para que seja dado início ao tratamento assim que algum sintoma surja, impedindo a formação de úlceras gástricas ou ainda maiores complicações para a saúde do paciente.

Existem casos em que uma metaplasia intestinal e uma atrofia gástrica acontecem, podendo evoluir para o Câncer Gástrico.

Além dessa dor no abdômen podem haver outros sintomas:

  • Dor de estômago
  • Náuseas
  • Inchaço abdominal
  • Sensação de estômago cheio
  • Dor abdominal
  • Vômitos
  • Má digestão
  • Sensação de queimação no estômago entre as refeições ou à noite
  • Soluços
  • Perda de apetite
  • Eructação frequente (arrotos)

Gastrite é Hereditária?

Pode-se dizer que é uma doença hereditária. Na verdade, existem várias causas para essa doença e o fator hereditário é um deles.

Se você tem parentes próximos (pai, mãe ou irmãos) que tem problema de estômago, você tem mais chance de desenvolver o problema. Neste caso você deve evitar os outros fatores que aumentam a chance de você ter problemas no estômago. Assim, mesmo com o fator hereditário presente, você pode evitar de desenvolver a doença.

A seguir eu cito quais seriam esses fatores que você deve evitar para desenvolver essa doença.

O que causa Gastrite?

Os fatores que causam são:

Infecção bacteriana: Embora a infecção pela bactéria Helicobacter pylori esteja entre as infecções humanas mais comuns no mundo, apenas algumas pessoas infectadas com ela desenvolvem inflamação no estômago ou um distúrbio estomacal semelhante. Acredita-se que a lesão causada por essa bactéria vai depender da predisposição genética da pessoa ou dos seus hábitos de vida como alimentação, fumo ou estresse.

Uso regular de antinflamatórios: Os analgésicos comuns – como aspirina, ibuprofeno, diclofenaco ou naproxeno – podem inflamar o estômago e causar Gastrite Aguda. O uso destes medicamentos pode diminuir uma substância que protege o estômago do ácido que ele produz. Os riscos podem diminuir se você usar esses medicamentos somente ocasionalmente.

Idade avançada: Os adultos mais velhos têm um risco maior de desenvolver a doença. Isso porque o revestimento do estômago tende a diminuir com a idade e porque os adultos mais velhos são mais propensos a ter infecção pelo H. pylori ou doenças autoimunes.

Uso excessivo de álcool: O álcool pode irritar o revestimento do seu estômago, tornando-o mais sensível aos sucos digestivos.

Estresse: Estresse grave devido a grandes cirurgias, lesões, queimaduras ou infecções graves podem causar inflamação no estômago.

Seu próprio corpo ataca as células do estômago: Chamada Gastrite Autoimune, este tipo de inflamação no estômago ocorre quando seu corpo ataca as células que compõem o revestimento do estômago. Isso produz uma reação do seu sistema imunológico que pode desgastar a barreira protetora do seu estômago.

Ansiedade: A ansiedade ou outros fatores emocionais podem causar todos os sintomas da Gastrite porém sem uma inflamação importante no estômago. Esse caso é conhecido popularmente como Gastrite Nervosa. O nome mais correto seria Dispepsia Funcional. Você deve suspeitar que está com esse problema quando faz o tratamento para a Gastriite e os sintomas não melhoram.

Quais são os exames para Gastrite?

Para fazer o diagnóstico, o seu médico irá rever o seu histórico pessoal e familiar, realizar uma avaliação física completa. Nem sempre é necessário realizar outros tipos de exames. Em alguns casos, o médico pode recomendar um dos seguintes testes:

Endoscopia Digestiva Alta: Um endoscópio é um tubo fino contendo uma pequena câmera que é inserido através de sua boca até o seu estômago para olhar o revestimento do estômago. O médico irá verificar a existência de inflamação e pode realizar uma biópsia, um procedimento no qual uma pequena amostra de tecido é removido e, em seguida, enviar para um laboratório para análise. Nem sempre é necessária a realização da endoscopia.

Testes para H. pylori: O seu médico pode recomendar testes para determinar se você tem a bactéria H. pylori. Que tipo de teste que você deve realizar, depende da sua situação.  O teste mais comum, é o Teste Respiratório para H pylori.

Gastrite Crônica tem cura?

Gastrite Crônica tem cura! Basta eliminar a causa desse problema.

Não adianta simplesmente tomar medicamentos como Omeprazol ou Pantoprazol, se você não eliminar o que está causando a inflamação no estômago. O seu médico é capaz de investigar e descobrir a possível causa da sua doença no estômago. A partir daí pode-se fazer o tratamento correto.

Tratamento para gastrite? Como acabar com a Gastrite?

5 maneiras de acabar com a Gastrite:

  1. A cura para a Gastrite Crônica está diretamente ligada à investigação e ao tratamento de suas causas.
  2. Gastrite Aguda causada por drogas antinflamatórias ou álcool pode ser aliviada ao parar o uso dessas substâncias.
  3. A Gastrite Crônica causada pela infecção por H. pylori é tratada com antibióticos.
  4. Para a Gastrite Nervosa existem medicamentos específicos, chamados Neuromoduladores, que conseguem aliviar todos os sintomas.
  5. Na maioria dos casos, você pode tomar medicamentos que tratam ácido do estômago para reduzir seus sinais e sintomas.

Remédios para Gastrite:

  • Medicamentos antibióticos para matar H. pylori
  • Medicamentos que bloqueiam a produção de ácido e promovem a cicatrização (Omeprazol ou Pantoprazol, por exemplo).
  • Antiácidos que neutralizam o ácido do estômago
  • Medicamentos neuromoduladores no caso de Gastrite Nervosa

Alimentos a evitar: dieta da Gastrite

Mudanças na sua dieta também podem ajudar a melhorar os seus sintomas. Os estímulos evitáveis comuns de sintomas incluem:

  • Alimentos picantes
  • Álcool
  • Café e outras bebidas e bebidas que contenham cafeína (por exemplo, colas e chás)
  • Alimentos gordurosos
  • Alimentos fritos
  • Várias refeições pequenas por dia também pode ajudar os sintomas.

Uma confusão muito frequente relacionada á Gastrite é a Intolerância à Lactose. Dessa forma, se a pessoa não tem nenhuma intolerância quem tem gastrite pode tomar leite.

Outros cuidados com a alimentação podem também aliviar os seus sintomas. Veja aqui!

Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como gastroenterologista em Belo Horizonte!

___

Leia também:

Fonte:

https://ada.com/pt/conditions/chronic-gastritis/

https://www.verywellhealth.com/gastritis-diet-what-to-eat-for-better-management-4767967

Artigos Recentes

14 Responses

  1. Boa Noite Dr. Quelson Coelho
    Queria saber de vossa pessoa se a maca peruana provoca dor no estômago pois depois que passei a fazer uso da mesma quase todo dia tenho dores no estômago.
    Obrigado

  2. Olá boa tarde, foi de extrema importância e valorosa suas informações, exatamente td isso qui sinto . Já fiz todos os exames inclusive a endoscopia e devida a situação que vivemos desse vírus não pude tratar , eu nunca tive uma crise de sentir dores queimações só agora estou mal . Obrigada de Quelson.

  3. Boa noite doutora eu fiz os exames de endoscopia e deu que eu estou com gastrite crônica .me tira uma dúvida chupa dedo pode ter causado essa gastrite em mim ? Eu chupo dedo dês de bebê acho que foi que está me fazendo mal ?

  4. Boa tarde! Dr estou sentindo um mal estar é como se estivesse com uma bolha no estômago as vezes a noite costuma vir com intensidade e da uma queimação no estômago até mesmo para tomar água tem horas que ruim tem que ser aos poucos o que pode ser.
    Agradecido pela atenção e aguardo retorno.
    Att.Edilson

  5. Ola boa noite doutor ! Fiz endoscopia e deu pangastrite crônica moderada associado a h pylori ,fiz o tratamento por 14 dias isso já tem 2 meses e ainda continuo com falta de apetite fiz o exame de respiração pra saber se a bactéria morreu e deu negativo para bactéria será que a falta de apetite e fraqueza ainda e da gastrite desde já agradeço

    1. Olá Lais. Os sintomas relacionados ao H pylori podem permanecer até 6 meses após o tratamento. Então, se a infecção pelo H pylori for a causa dos seus sintomas, terá que espperar até 6 meses para acabar os sintomas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *