Doença de Crohn

Doença de Crohn: das causas ao tratamento

[vc_row][vc_column][vc_column_text]

O QUE É DOENÇA DE CROHN?​

A Doença de Crohn carateriza-se por uma inflamação crônica na parede do intestino, podendo acometer qualquer parte do mesmo. Afeta predominantemente o sexo feminino.

O Trato Gastrointestinal compreende um tubo longo, que se inicia na boca e termina no ânus. Quando ingerimos um alimento, este passa pelo esôfago, segue para o estômago e, em seguida, para o intestino delgado. O intestino delgado é o local onde o alimento é digerido e absorvido pela corrente sanguínea, sendo constituído por três porções: o duodeno, o jejuno e o íleo. Ao intestino delgado segue-se o intestino grosso, constituído pelo cólon e pelo reto.  O cólon absorve água e acumula alimentos mal digeridos, como as fibras, que seguem para o reto, onde são armazenados como fezes e evacuadas através do anús.

 

 

O QUE CAUSA A DOENÇA DE CROHN?

 A causa desta doença é desconhecida, ainda que alguns cientistas acreditem que possa ser devida a uma infecção por determinadas bactérias, como as micobactérias.

 Embora a alimentação possa afetar a sintomatologia manifestada pelo doente, não constitui um fator desencadeador da mesma.

 Existem, contudo, alguns fatores de risco que potencializam a sua ocorrência, por exemplo:

– Existência de familiares próximos que tenham esta patologia;
– Tabagismo;
– Anticoncepcionais orais;
– Anti-Inflamatórios Não Esteróides (AINEs);

A Doença de Crohn está intimamente relacionada com outra condição inflamatória crônica que envolve apenas o cólon, chamada Colite Ulcerativa. Estas duas doenças juntas são, frequentemente, referidas como Doença Inflamatória do Intestino, que afeta igualmente ambos os sexos.

 

 

QUAIS SÃO OS SINTOMAS DA DOENÇA DE CROHN?​

A sintomas ocorrem devido a inflamação da parede do intestino, e podem ser:

– Diarreia, constitui o sintoma mais comum;
– Dor abdominal;
– Emagrecimento;
– Úlceras;
– Mal-estar generalizado;
– Anemia;
– Fissuras anais;
– Febre;
– Cansaço;
– Perda de apetite;

O sistema imune pode provocar inflamação em outras partes do corpo quando existe inflamação no intestino, designadamente, artrite (inflamação das articulações), uveíte (inflamação do olho), erupções cutâneas e inflamação no fígado.

 

 

COMO FAZER O DIAGNÓSTICO DE DOENÇA DE CROHN? ​

O diagnóstico é determinado mediante uma avaliação dos sintomas apresentada pelo doente e, então, o médico procede à realização de uma série de exames, para confirmar o diagnóstico e determinar o grau de afetação do intestino. Esses exames podem ser:

– Exames laboratoriais;

– Enema opaco;
– Endoscopia;
– Colonoscopia;
– Biópsia;
– Tomografia Computadorizada (TC);
– Ressonância Magnética (RM);
– Cápsula Endoscópica;

 

 

QUAL O TRATAMENTO PARA A DOENÇA DE CROHN?​

A escolha do tratamento para a doença de Crohn depende da localização e da gravidade da patologia, isto é, doentes que não apresentem sintomas ou cujos sintomas são leves podem não necessitar de tratamento.

Não há um tratamento que permita uma cura definitiva da Doença de Crohn e, como tal, o tratamento visa a indução e manutenção de remissões, a minimização dos efeitos secundários da terapêutica e a melhoria da qualidade de vida do doente. Assim, o doente experiencia períodos de recaída (agravamento da inflamação) seguidos de períodos de remissão (diminuição da inflamação) que podem durar meses ou anos.

As opções de tratamento para esta patologia são variadas, envolvendo:

  • Uso de corticosteróides, como a budesonida e a prednisolona;

  • Uso de aminossalicilatos, como a mesalasina;

  • Uso de antibióticos, como o metronidazol e a ciprofloxacina;

  • Uso de imunomoduladores, que incluem os imunossupressores e as terapias biológicas;

  • Tratamentos dietéticos, que incluem uma dieta liquida muito rigorosa;

  • Procedimento cirúrgico, que procede à remoção da área do intestino afetada. Geralmente, constitui um método de tratamento quando o doente não responde a outras formas de tratamento.

 

Leia também:

 

 

 

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: